Ação solidária celebra Dia das Mães no Colégio Madre de Deus

Instituição recrutou mães de alunos para unirem forças e oferecerem informação e serviços para mães da Comunidade do Papelão

Apresentado por: Colégio Madre de Deus

Ser solidário é muito mais do que um belo discurso de como é importante olhar para o próximo. Ações são essenciais para ajudar a transformar a vida de quem mais precisa. Essa premissa faz parte dos valores ensinados e vivenciados pelo Colégio Madre de Deus. A instituição escolheu a representativa data do Dia das Mães para convidar as responsáveis por seus alunos a arregaçar as mangas e ensinar para os jovens, na prática, que todos podem contribuir na construção de um mundo melhor.

O projeto “Mães que Transformam” é uma ação coordenada pelo Colégio Madre de Deus que visa beneficiar mães da Comunidade do Papelão, formada em sua maioria por catadores de materiais recicláveis, em Boa Viagem. “A ação é uma continuidade do que fizemos na Páscoa, quando os alunos fizeram um trabalho social voltado para os jovens da localidade. Desta vez, serão as mães que irão atuar em diversas áreas”, destaca Lucicleide Nóbrega, psicóloga do Ensino Médio da instituição.

O projeto será realizado na Unidade II do Colégio Madre de Deus, localizado na Rua João Cardoso Aires, 705, Boa Viagem, no próximo sábado (12/05), das 8h às 13h. Serão oferecidas palestras sobre saúde da mulher e saúde bucal, além de orientações nutricionais, jurídicas, aferição de pressão arterial, oficinas de maquiagem e de turbantes. “Arrecadamos doações e teremos um bazar solidário. Foi maravilhoso ver a forma como todas abraçaram e se envolveram com o projeto”, ressalta a psicóloga.

As mães do sexto ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio foram recrutadas através de e-mail e comunicados emitidos pela escola. Após atenderem ao chamado, reuniões de alinhamento foram agendadas para organizar a ação. “Algumas coordenadoras foram eleitas e o grupo foi dividido em equipes. Serão mães de diferentes áreas e todas elas abraçaram a nossa causa. Cada uma tem habilidades diferentes e oferecerão ajuda da forma que é possível”, comemora Lucicleide Nóbrega.

Uma prova desse entusiasmo é Vitória Morais, administradora de imóveis e mãe de Eduardo Morais, do 3° ano do Ensino Médio. “A escola fez o convite e nós aceitamos com o coração. O engajamento foi muito bom. Nós, mães, somos mais sensíveis com a dor de outras mães. A proposta da ação mostrou que muita gente quer ajudar, mas não sabe muito bem como. Projetos como esse dão direcionamento”, explicou.

Segundo Vitória Morais, o objetivo é que a ação tenha continuidade em outras oportunidades. “Esse é o ponta pé inicial. A proposta é levar informações adequadas à realidade dessas mulheres. Iremos fazer um cadastro para conhecer melhor cada uma delas. Dessa forma, as próximas edições serão ainda mais direcionadas”, finaliza.

 

1 Comentário

  • Reply Claudia 9 de maio de 2018 at 19:30

    A missão do ser humano é ajudar ao próximo, transformar e oportunizar os mais necessitados , dar-lhes o direito de ser visto como humano, já que vivem uma realidade tão dura e desumana.
    Parabéns mães Madre de Deus!

  • Deixe um comentário